Português (Brasil)

Brasil fecha acordo histórico de feijão e pulses com a Índia

Brasil fecha acordo histórico de feijão e pulses com a Índia

“As partes concordam em compartilhar dados mensais sobre plantio, consumo, estimativas de produção nacional, importação e exportação de leguminosas"

Compartilhe este conteúdo:

O Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (Ibrafe) assinou uma Aliança para segurança Alimentar Brasil-Índia, com o apoio da embaixada brasileira naquele país, na presença do adido agrícola Ângelo Maurício e de representantes do Brasil. “O documento assinado por nós e pelo presidente da IPGA, a Associação de Importadores de Pulses da Índia, país que importa anualmente mais de 2 milhões de toneladas, foca em um primeiro passo num fluxo de informações contínuo sobre necessidades que ocorrerão de Pulses naquele país antecipadamente”, diz o Ibrafe.

“Da parte brasileira, o que podemos e estamos plantando gera segurança no campo comercial de ambos os países. Isso prepara o caminho para maior formalidade nos contratos, tornado passíveis de execução de parte a parte. Sobre o Feijão-carioca no mercado interno, há muito barulho dos especuladores, mas nem tanto no campo. Há negócios acontecendo, os preços estão melhorando, mas a expectativa de produtores é que seria mais prudente esperar passar o Carnaval”, completa.

Nesse contexto, as partes estabelecerão ações de cooperação para contribuir com a segurança alimentar da Índia, por meio de ações que fomentem o desenvolvimento do comércio internacional de leguminosas entre a Índia e o Brasil. Dentre elas estão a inteligência de mercado, padrões de qualidade, promoção comercial e transferência de tecnologias.

“As partes concordam em compartilhar dados mensais sobre plantio, consumo, estimativas de produção nacional, importação e exportação de leguminosas em seus respectivos países, além de realizar reuniões periódicas e extraordinárias para tratar do detalhamento desses dados. Tendo em vista que o Brasil pode aumentar sua produção de feijão frente à demanda internacional e pretendendo garantir a segurança alimentar da Índia, o IBRAFE se compromete a promover a produção de feijão de maior consumo no mercado indiano, etapa em que o IPGA se compromete a dar garantias para a compra do produto brasileiro dentro do país, garantindo assim um maior abastecimento, com mais segurança para a população indiana”, indica o documento assinado.

Para fortalecer o setor de leguminosas, as partes se comprometem a criar o FIAGRO – Fundo Internacional de Investimento em Leguminosas, além de viabilizar investimentos indianos no setor de leguminosas brasileiro. “No caso de qualquer função governamental ser necessária para a expansão da colaboração sob este Memorando de Entendimento, as Partes, conforme mutuamente acordado, farão as recomendações necessárias aos seus respectivos governos para que tomem as medidas apropriadas”, conclui.

Fonte: IBRAFE

Portal do Agronegócio 22/02/2023

Compartilhe este conteúdo:

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 

 

Booked.net
 
+25
°
C
+28°
+22°
Sinop
Quarta-Feira, 29
booked.net
 
+30
°
C
+31°
+23°
Alta Floresta
Quarta-Feira, 29

 

Booked.net - book your hotel here
 
+25
°
C
+28°
+22°
Sorriso
Quarta-Feira, 29
Booked
 
+25
°
C
+28°
+22°
Lucas do Rio Verde
Quarta-Feira, 29

 

 

Saiba mais: https://www.cepea.esalq.usp.br/br