Português (Brasil)

O agro e o impacto na economia

O agro e o impacto na economia

Ao visitar um supermercado, veremos que quase todos produtos expostos tem origem no campo e que necessitaram de limpeza, seleção, industrialização e embalagem para serem comercializados.

Compartilhe este conteúdo:

Geralmente as pessoas entendem o agro como sendo uma atividade que apenas produz alimentos, sem muitas consequências para os outros setores da economia. Na verdade, é um setor que gera desenvolvimento e oportunidades dentro e fora das propriedades rurais.

As fazendas necessitam, para o seu processo produtivo de centenas de milhares de tratores, colheitadeiras e os mais diversos implementos agrícolas que incrementam enormemente nossa indústria mecânica.

Temos ainda a necessidade de construção de silos e armazéns e a utilização de milhares de toneladas de fertilizantes e defensivos. No setor pecuário as rações, vacinas e remédios, são imprescindíveis para tocar e manter saudáveis os rebanhos de bovinos, suínos e aves.

Não podemos esquecer as produções agrícolas não destinadas à alimentação, mas que mobilizam uma grandiosa rede de indústrias, como biodiesel, etanol, borrachas, fibras, couros e madeira para biomassa, celulose, construções e móveis.

Uma vez produzidos, os grãos são transportados por centenas de milhares de caminhões, trens, barcaças e navios, que precisam de uma sofisticada indústria para fabricá-los, mais um tanto de motoristas para conduzi-los e mais uma estrutura de peças, mecânicos e borracheiros para mantê-los em funcionamento. A administração das fazendas exige ainda camionetes de todos os tipos e tamanhos.

Ao visitar um supermercado, veremos que quase todos produtos expostos tem origem no campo e que necessitaram de limpeza, seleção, industrialização e embalagem para serem comercializados. Temos centenas de produtos lácteos, carnes naturais e embutidos, derivados de farinhas, conservas, frutas, hortaliças, etc.

Nas bebidas, pouca gente tem noção de serem produtos originados no campo. A liderança do setor vem dos fermentados, cervejas e vinhos e dos destilados, wiskys, cachaças, vodcas, etc.

Agradeça ao agro por usufruir ocasionalmente alguns momentos de descontração.

Mas é preciso assegurar a postura dessa galinha brasileira que põe ovos de ouro.

Cabe ao governo, aos produtores e as indústrias, manter essa evolução progressiva do agro.

É necessário acessar novos mercados e ter presença com protagonismo nos foros internacionais.

Temos uma invejável organização de nossos produtores, tanto grandes como pequenos. O cooperativismo e a integração às indústrias, promoveram ganhos tecnológicos de ponta em todas as culturas, crédito facilitado e insumos baratos. As associações de classe seguiram o mesmo caminho, atendendo ainda interesses políticos e jurídicos.

Entretanto algumas possíveis ações do novo governo deixaram o setor um pouco apreensivo. Taxações nas exportações, risco ao direito de propriedade e o rumo na condução da política econômica, poderão pôr em risco esse ciclo virtuoso.

As indústrias e os produtores também tem a sua cota a cumprir. Alimentos de qualidade e saudáveis, produção amigável com o meio ambiente e concorrência vantajosa em preços, certamente conquistarão novos mercados.

O agro é um dos poucos setores que podemos liderar mundialmente. Ele representa metade das nossas exportações, produzindo riqueza e empregos, dentro e fora das porteiras, com potencial de reduzir as desigualdades sociais.

Espera-se que o aumento da bancada ruralista na câmara e no senado, possa inibir o avanço de qualquer pauta que venha em prejuízo do agro.

Fonte: Por Arno Schneider, engenheiro agrônomo, pecuarista e diretor da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat)

opresenterural.com.br 27/01/2023

Compartilhe este conteúdo:

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 

 

Booked.net
 
+25
°
C
+28°
+22°
Sinop
Quarta-Feira, 29
booked.net
 
+30
°
C
+31°
+23°
Alta Floresta
Quarta-Feira, 29

 

Booked.net - book your hotel here
 
+25
°
C
+28°
+22°
Sorriso
Quarta-Feira, 29
Booked
 
+25
°
C
+28°
+22°
Lucas do Rio Verde
Quarta-Feira, 29

 

 

Saiba mais: https://www.cepea.esalq.usp.br/br